Início

Home

Close
  • Esta semana vimos circular mais uma vez uma série de notícias, reportagens, postagens e também boatos com nomes, fotos e detalhes sobre o ataque a uma escola de educação infantil em Santa Catarina. Este episódio reabre novamente a questão se a maneira como atentados e massacres em escolas são noticiados podem influenciar a ocorrência de outros.

  • A Safernet, ONG que há 15 anos atua na promoção do uso ético, seguro, responsável e crítico da internet, com foco em direitos humanos, fechou em março de 2021 uma parceria institucional com o Ministério Público do Rio Grande do Sul, para colaboração no MP On, projeto que reúne ações e iniciativas para educação digital para pais, professores, orientadores, crianças e adolescentes.

  • O Cidadão Digital, programa da Safernet Brasil e do Facebook que levou ações de educação para cidadania digital a 97 mil alunos da rede pública em 2020, está concorrendo a WSIS Prizes, principal premiação da UIT (União Internacional de Telecomunicações), agência da Organização das Nações Unidas (ONU). As votações estão abertas até o dia 31 de março. Qualquer pessoa pode votar.   

    Para participar da votação e ajudar , basta seguir o passo a passo.

  • A Safernet Brasil e o Facebook, em parceria com o Instituto Palavra Aberta, anunciam o lançamento da segunda edição do Cidadão Digital, programa criado com o intuito de levar ações de educação para cidadania digital a alunos da rede pública de todo o país. Neste ano, o programa gratuito tem como prioridade capacitar os jovens para a análise crítica de informações, principalmente relacionadas à Covid-19, já que a epidemia ressaltou a importância e a urgência de combater a desinformação na área da saúde.

  • O relatório sobre o Projeto de Lei 2630/2020, divulgado no fim da tarde desta quarta-feira, menos de 24 horas antes do horário marcado para sua votação pelo Senado Federal, pode provocar um impacto desastroso e amplo para milhões de brasileiros e uma ameaça aos direitos de crianças e adolescentes, afetando significativamente o acesso à rede e direitos fundamentais como a liberdade de expressão e a privacidade dos cidadãos e cidadãs na Internet.

  • Em tempos de incerteza, a educação se revela ainda mais necessária e urgente. E a pandemia do coronavírus tem sido implacável ao expor em muitos de nós a falta de informação e o despreparo para lidar com temas relacionados ao uso seguro da internet, sobretudo por crianças e adolescentes.