Sextorsão: como conversar em casa e na escola

Comportamento Online

Sextorsão: como conversar em casa e na escola

Compartilhar
Diálogo é a melhor forma de prevenção

Dicas para a família:
- Mantenha um dialogo aberto com crianças e adolescentes para conhecer o que fazem online e poder orientá-l@s. A sexualidade faz parte da educação e crianças e adolescentes precisam de orientações.
- Dialoguem sobre direitos sexuais, dúvidas e curiosidades para que saibam que pode contar com vocês quando precisarem;
- Não confunda a capacidade técnica de crianças e adolescente usarem a Internet e celulares com a maturidade e capacidade crítica de interpretar e resolver situações de problema na rede;
- Proibir não educa nem previne, uma relação de confiança e muito diálogo ainda são as melhores tecnologias;
- Provoque conversas sobre a noção que adolescentes tem de privacidade e se entendem a dimensão pública dos ambientes digitais, reforçando que as leis valem na rede como valem em qualquer espaço público;
- Caso tenha filh@ que seja vítima, não condene ou recrimine. O mais importante é acolher e proteger para minimizar a angústia da vergonha que sentem justamente em relação aos pais e amig@s. É importante estar juntos não apenas para resolver racionalmente, mas principalmente para apoiar psicologicamnte neste momento de crise.

Para debater na escola:
- Dialogar sobre o que os alunos fazem e veem na Intenet;
- Propor às crianças e adolescentes uma reflexão e discussão dos limites da intimidade num espaço público como a Internet;
- Ensinar como buscar ajudar caso alguém na Internet obrigue a fazer algo contra sua vontade.