Dicas para perfil falso online

Liberdade de Expressão

Dicas para perfil falso online

Compartilhar

Seguem algumas dicas sobre como utilizar sua liberdade on-line com segurança e responsabilidade:

  • Leia os termos de uso das redes sociais, games e sites que utiliza, muitas vezes a criação de perfis falsos não é permitida e pode ser denunciada ao próprio serviço;
  • Lembre-se: É possível identificar um perfil fake nas redes sociais e em outros serviços. Cuidado com a falsa sensação de anonimato na rede!
  • Toda ação tem consequências. Pessoas maiores de 18 anos podem responder judicialmente por suas ações também na Internet!

O que fazer para se proteger de um perfil falso:

  • Evite compartilhar dados pessoais, como endereço, telefone e informações de onde trabalha/estuda. Isso pode evitar com que pessoas mal intencionadas tenham acesso ao seu perfil;
  • Evite adicionar pessoas desconhecidas. Nunca podemos ter 100% de certeza que a pessoa do outro lado da tela é quem realmente diz ser. 
  • Nos games, evite divulgar informações ou a senha do seu perfil, pois alguns usuários buscam lesar outros jogadores e o que eles adquiriram no jogo.

O que fazer se você está sendo vítima de um perfil falso:

  • Não responda às provocações! Muitas vezes, esta é uma tática do agressor para continuar em contato com seu alvo;
  • Bloqueie imediatamente o contato para se preservar de possíveis riscos;
  • Reporte a situação ao site em questão para que a equipe que gerencia o serviço possa avaliar o perfil falso;

Caso a situação esteja trazendo consequências negativas e você queira reportar a situação para as autoridades, busque uma Delegacia especializada em Crimes Cibernéticos ou, caso não exista uma em sua cidade, você pode se dirigir a uma delegacia comum, a mais próxima de sua residência.
Guarde todas as possíveis provas (mensagens, conversas em bate-papo, e-mails e etc) caso reporte a situação para as autoridades competentes;
Se tiver dúvidas sobre como proceder, busque assessoria jurídica (advogado ou defensor público). Estes profissionais são os mais indicados para orientá-l@ sobre qual a melhor medida judicial ou extrajudicial para o caso.